Sicó, o ULTRA desafio

“A meta estava ali mesmo à minha frente. Confesso que pensei na escarpiada que tinha à minha espera!
Mais um desafio ultrapassado, sete horas depois da partida, concluí feliz os 50km das terras de Sicó, a que me tinha proposto!”1

O titulo deste post surgiu durante a aventura que foram os dias vividos no fim de semana passado em mais uma edição Trail de Conímbriga Terras de Sicó. Foi simplesmente épico!

10372587_1696754873896525_38780723559925287_n

Heróis, os atletas que tiverem coragem de estar na partida dos 111km. Enfrentaram um verdadeiro desafio de resistência física e psicológica. Sabemos que as ultras passam muito por isso, mas a mãe natureza encarregou-se de tornar esta edição diferente de todas as outras.
Foi incrível constatar que, apesar de todos os alertas meteorológicos, compareceram mais de 4mil atletas, para as varias provas, e mais uma vez Condeixa e a associação O Mundo da Corrida fizeram desta prova uma grande festa.
Todos os atletas deram o benefício da dúvida à intempérie que se fazia sentir e foram…sem medos!
Vário atletas dos 111km tiveram de abandonar a prova, devido ao tempo, e fizeram bem. A saúde e a integridade física em primeiro! Provas há muitas!

Os meus primeiros 50km estão feitos! Digo os primeiros porque estou certa, quero mais! Mais vezes 50km, e se o corpo e mente permitirem mais uns quantos, mas a seu tempo.
Sem dúvida que provas longas são as que mais gosto, pela beleza que posso contemplar por mais kn percorridos, como pela minha resposta ao desafio.
Lembro-me que aos 25km, pensei “Yey, já só falta metade!” e lá fui satisfeita para o primeiro muro. Sabia que tinha pela frente o primeiro desafio da prova. Lembro-me que os km seguintes foram a subir com vento gelado! “Sê forte, só tens que suportar este ventinho. Lembra-te que ontem nevava…”. Mas a verdade é que estava mesmo frescote e, se por um lado queria correr para aquecer, a montanha era mais forte que eu e restava-me manter pelo menos o ritmo e não abrandar! (#paraapróximatreinamais :P)

2

Sempre ouvi dizer que “Sicó” era uma prova “corrivel”. Como já disse várias vezes, isso depende sempre da preparação e experiência de cada um! O ano passado corri em Condeixa os meus primeiros 25km e, na pouca experiencia que tinha, até foram bastante técnicos, com pedras escorregadias e lama nos intervalos das pedras. É um facto que pode até não ser muito exigente a nível de altimetria, mas as calçadas típicas da zona “animam” bastante o percurso.
Nestes 50km, para além desses trilhos mais técnicos, tivemos um desafio de cerca de 10km finais para passar o Trilho da Cascata! É certo que é um dos trilhos mais bonitos da prova, mas foi duro. Não pela altimetria, mas pelos “obstáculos” e pelo piso escorregadio. Até a força da cascata a correr, ali mesmo ao lado, impunha respeito. Quando na minha ideia era só rolar 10k para acabar a prova, dei por mim a rebolar algumas vezes!!!

A meta estava ali mesmo à minha frente. Confesso que pensei na escarpiada que tinha à minha espera!
Mais um desafio ultrapassado! Sete horas depois da partida, concluí feliz os 50km das terras de Sicó, a que me tinha proposto!
O objetivo era terminar e, para minha surpresa, ainda consegui uma classificação simpática para a estreia na distância.

12795562_1565306563796168_5548049369123529284_n

Aproveitando que já me perguntaram sobre como se gere a alimentação nestas distâncias. Ainda estou a aprender, mas nesta prova por exemplo, apesar de ter bastantes abastecimentos, e bem recheados, – foi bom saber que em vários abastecimentos dos 111km havia refeições vegetarianas como seitan estufado no pão, bolonhesa de soja, massada de grão – geri a minha alimentação essencialmente com o que levei comigo. Os abastecimentos em que parei foram para repor água e agarrar em ¼ de banana. De resto, tinha géis MyProtein e ZV7C, barritas Paleo e isotónico Gold Nutricion. Foi o suficiente e sobrou. Se funciona em treinos, opto pelas mesmas opções em provas.

Bem, se em 2015 corri os 25km, em 2016 os 50km, quererá dizer que na próxima oportunidade é para a prova dos 3 dígitos?! Quem sabe um dia! #bempodestreinar

Say Something