Piodão é o Piodão!

Há 2 anos atrás, já tinha participado em algumas provas de trail quando me aventurei nos 23km do Piodão! Nessa altura percebi o significado da altimetria numa prova de trail! Passei a respeitar mais a modalidade, cada prova  e a analisar os gráficos com outros olhos, porque “montinhos” todos os gráficos têm, agora a distância e a inclinação entre eles é outra conversa!
Também passei a admirar mais os trilhos e a nossa serra do Açor!


Depois dessa prova já lá votei mais 4 vezes! Já fui para ajudar numa prova, já fui vassoura nos mesmos 23km e também nos 42km do Estrela Açor e este ano, para participar nos 50km do Piodão UtraTrail! 

Este ano, cá em casa, resolvemos participar no campeonato nacional de trail com o objectivo de sermos finishers de distancia Ultra, provas acima de 42km. Precisamos de concluir 4 provas do campeonato e o Piodão Ultra Trail, 50km com 2800D+ era uma das provas possíveis, e uma que gostava bastante de participar! 

Lá estava, de volta aquela serra e aldeia de xisto que parece de brincar. 

Sabia que se o desafio era grande, ia ser maior tendo em conta os treinos e as provas anteriores. Deram trabalho extra!
Para além de alguns trilhos novos, agora a prova começa e termina mesmo no Piodão! Gostei bastante dessa alteração! 

Se há antenas, é para lá que vamos! Depois da primeira subida, os trilhos até à Malhada Chã é onde me divirto mais! Gosto tanto de correr ali!
Depois disso veio um mundo novo, a subida para o pico da cebola e descida para a Covanca, que não se explica, e a famosa subida da fornea… Aos 30km, subia, subia e os km não andavam! Não conseguia impor um ritmo certo e senti-me cansada. Tinha uma moinha a cada passo que dava e parecia que os 20km que faltavam iam ser um tormento, ou não iam acontecer! No topo olhei à volta, ralhei um bocadinho e segui…

Ainda houve pernas para subir ao Colcurinho e descer até à Foz d’égua! Lá fui e apesar de tudo terminei, emocionada, em menos tempo do que imaginava!

Seja para qual distância for, recomendo a quem gosta dos trilhos a treinar e atrever-se a conhecer a aldeia do Piodão e participar nesta aventura! 
Agora é tempo de recuperar e planear em novos desafios!

2 Comments

Say Something